Águia na Cabeça


Disponível no:

O Bicho está dividido no Rio de Janeiro. Turco ( Hugo Carvana) faz oposição a Canedo (Jece Valadão), chefe máximo da contravenção. César ( Nuno Leal Maia),principal assessor do Senador Ramos Guimarães,proprietário do Banco do mesmo nome e que apóia os grandes bicheiros, aproveita-se da situação para assumir, através de tramas maquiavélicas, o controle da cidade, tornando-se uma espécie de Rei do Rio. De origem humilde, César dói criado e educado pela família Ramos Guimarães. Desde muito cedo, tornou-se o braço direito do Senador, prestando-lhe total fidelidade e ajudando-o a movimentar altas somas de dinheiro provenientes do Jogo do Bicho. Por isso, considera-se o herdeiro natural do Senador. Preso a uma cadeira de rodas e já muito velho, o Senador Ramos Guimarães prepara-se para transmitir todo o seu poder político, inclusive a presidência do Banco, à sua mulher, Dona Branca ( Tereza Rachel), candidata ao Senado nas eleições. César tenta demove-lo da idéia e, diante da resistência do velho político, acaba por matá-lo. Promovendo um racha entre Turco e Canedo, o que visa a divisão de forças dos bicheiros, César inicia sua escalada rumo ao poder. O roubo do inseparável ”masbaha” de Turco, uma espécie de talismã da sorte, por parte de Das Graças (Zezé Motta), amante de Canedo,vem complicar ainda mais as relações entre os dois bicheiros. O objetivo de César é conquistar o apoio de Canedo, depois de convence-lo de que, somente sob sua direção, o Banco Ramos Guimarães e o Partido Político defenderão realmente os interesses dos bicheiros. Uma aliança com Rodrigo, influente jornalista da imprensa marrom, facilita as atividades de César,que passa a mover cerrada campanha de desmoralização contra Dona Branca. Ao mesmo tempo, utiliza-se de Macieira (o chefe de polícia) para estourar diversos pontos dos bicheiros, semeando a total desconfiança entre os mesmos. Aproveitando-se do lado devasso de Macieira, César reúne provas e fornece-as a Canedo, que passa a chantagear o policial. Conquistada a confiança do bicheiro, César elimina um a um aqueles que se atravessam em seu caminho. Numa última e ousada cartada, casa-se com Helena (Xuxa Lopes), filha do Senador e herdeira de todo o império Ramos Guimarães e lança a candidatura de Rodrigo ao Senado. Na ilusão de haver conquistado o poder total da cidade, César começa a cometer descuidos.O romance clandestino que mantém há longos anos com a vedete Rose(Christiane Torloni) começa a minar a estabilidade de seu casamento, além de provocar a ira de Gabriel, perigoso ex-presidiário e principal pistoleiro de Canedo, que é apaixonado pela vedete. É Das Graças que descobre o segredo de César e recupera o “masbaha” de Turco. Para tanto, é obrigada a seduzi-lo, o que deixa Canedo possesso. Canedo reencontra-se com Turco, trocam idéias, percebem-se enganados e resolvem se unir para combater o inimigo comum. César é sentenciado à morte. A execução deverá se consumar no Carnaval, no dia do Grande Desfile das Escolas de Samba, na Marquês de Sapucaí. Das Graças desfila sua fantasia ouro e prata “Águia na Cabeça”.

Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
105 min
1984
Brasil

Diretor: Paulo Thiago

Elenco: Álvaro Freire, Chico Diaz, Christiane Torloni, Djenane Machado, Hugo Carvana, Jece Valadão, Jofre Soares, Maria Silvia, Maurí­cio do Valle, Nildo Parente, Nuno Leal Maia, Tereza Rachel, Wilson Grey, Xuxa Lopes, Zezé Motta

Sinopse: O Bicho está dividido no Rio de Janeiro. Turco ( Hugo Carvana) faz oposição a Canedo (Jece Valadão), chefe máximo da contravenção. César ( Nuno Leal Maia),principal assessor do Senador Ramos Guimarães,proprietário do Banco do mesmo nome e que apóia os grandes bicheiros, aproveita-se da situação para assumir, através de tramas maquiavélicas, o controle da cidade, tornando-se uma espécie de Rei do Rio. De origem humilde, César dói criado e educado pela família Ramos Guimarães. Desde muito cedo, tornou-se o braço direito do Senador, prestando-lhe total fidelidade e ajudando-o a movimentar altas somas de dinheiro provenientes do Jogo do Bicho. Por isso, considera-se o herdeiro natural do Senador. Preso a uma cadeira de rodas e já muito velho, o Senador Ramos Guimarães prepara-se para transmitir todo o seu poder político, inclusive a presidência do Banco, à sua mulher, Dona Branca ( Tereza Rachel), candidata ao Senado nas eleições. César tenta demove-lo da idéia e, diante da resistência do velho político, acaba por matá-lo. Promovendo um racha entre Turco e Canedo, o que visa a divisão de forças dos bicheiros, César inicia sua escalada rumo ao poder. O roubo do inseparável ”masbaha” de Turco, uma espécie de talismã da sorte, por parte de Das Graças (Zezé Motta), amante de Canedo,vem complicar ainda mais as relações entre os dois bicheiros. O objetivo de César é conquistar o apoio de Canedo, depois de convence-lo de que, somente sob sua direção, o Banco Ramos Guimarães e o Partido Político defenderão realmente os interesses dos bicheiros. Uma aliança com Rodrigo, influente jornalista da imprensa marrom, facilita as atividades de César,que passa a mover cerrada campanha de desmoralização contra Dona Branca. Ao mesmo tempo, utiliza-se de Macieira (o chefe de polícia) para estourar diversos pontos dos bicheiros, semeando a total desconfiança entre os mesmos. Aproveitando-se do lado devasso de Macieira, César reúne provas e fornece-as a Canedo, que passa a chantagear o policial. Conquistada a confiança do bicheiro, César elimina um a um aqueles que se atravessam em seu caminho. Numa última e ousada cartada, casa-se com Helena (Xuxa Lopes), filha do Senador e herdeira de todo o império Ramos Guimarães e lança a candidatura de Rodrigo ao Senado. Na ilusão de haver conquistado o poder total da cidade, César começa a cometer descuidos.O romance clandestino que mantém há longos anos com a vedete Rose(Christiane Torloni) começa a minar a estabilidade de seu casamento, além de provocar a ira de Gabriel, perigoso ex-presidiário e principal pistoleiro de Canedo, que é apaixonado pela vedete. É Das Graças que descobre o segredo de César e recupera o “masbaha” de Turco. Para tanto, é obrigada a seduzi-lo, o que deixa Canedo possesso. Canedo reencontra-se com Turco, trocam idéias, percebem-se enganados e resolvem se unir para combater o inimigo comum. César é sentenciado à morte. A execução deverá se consumar no Carnaval, no dia do Grande Desfile das Escolas de Samba, na Marquês de Sapucaí. Das Graças desfila sua fantasia ouro e prata “Águia na Cabeça”.

Alugue