500 Almas



Produção: Fernando Souza Dias, Gisela Gonzales, Maurí­cio Souza Dias

Fotografia: Dib Lufti, Helcio Nagamine "Alemão"

Roteiro: Joel Pizzini

Edição: Idê Lacreta

Som Direto: Louis Robin, Romeu Quinto

Empresa(s) produtora(s): Grifa Filmes

Edição de som: Ricardo Reis

Direção de produção: Fabio Vizotto, Thaí­s Canjani

Assistente de Direção: Tatiana Vilela, Thaí­s Canjani

Assistente de Produção: Carolina Aires, Claudia Mirisola, Loren Nóvoa, Marcelo da Matta, Mariana Oliva

Direção de Fotografia: Mário Carneiro

Trilha Sonora: Lí­vio Tragtenberg

Coordenação de Produção: Áurea Gil, Elza Steavnev, Malu Pedrosa, Tatiana Battaglia

Argumento: Jane de Almeida, Joel Pizzini, Sérgio Medeiros

1º Assistente de Câmera: Eduardo de Andrea "Kito", Rodrigo Toledo

2º Assistente de Câmera: André Dias, Dado Carlin

A cultura da etnia milenar dos Guató, população indígena da região do Pantanal que, até a produção deste filme, desconhecia a própria história. Declarados como extintos na década de 1960, o documentário propõe um resgate de sua identidade através de uma narrativa fragmentada que dialoga com a própria memória deste povo em relação à ancestralidade.
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste

108 min
2004
Brasil
SP
LIVRE

Diretor: Joel Pizzini

Elenco: Ada GambarottoAdair Pimentel PalácioHelena IgnêzJorge Eremites de OliveiraManoel de BarrosMatheus NachtergaeleOsvaldo ScottiPaulo JoséRichard HaasStefanie Lars

Sinopse: A cultura da etnia milenar dos Guató, população indígena da região do Pantanal que, até a produção deste filme, desconhecia a própria história. Declarados como extintos na década de 1960, o documentário propõe um resgate de sua identidade através de uma narrativa fragmentada que dialoga com a própria memória deste povo em relação à ancestralidade.

Alugue