Artes Que Dialogam com a Fotografia


Disponível no:

Empresa(s) produtora(s): Caliban Produções Cinematográficas

Nem sempre a fotografia expressa uma realidade. Muitas vezes é um retrato dos sonhos, delírios e fantasias dos autores. Os fotógrafos não apreendem, na maior parte dos casos, a alma do retratado, mas a sua própria alma. A fotografia, de tanto servir como suporte para registro de outras artes, as incorporou o cinema, a música, a pintura, a escultura como influência na criação de suas imagens. Nessa troca técnicas, percepções estéticas e linguagens, a quebra de fronteiras enriquece a fotografia. Um filme inspira um ensaio fotográfico, um movimento da pintura é a base da criação de outro, a encenação serve de impulso para um fotograma. Por outro lado, vemos a fotografia que registra a música, a pintura e tantas outras formas de expressão.
Próximas exibições no canal Curta!
14/02/2022 18:30:00 [daqui a 75 dias]
15/02/2022 04:30:00 [daqui a 76 dias]
15/02/2022 12:30:00 [daqui a 76 dias]
16/02/2022 06:30:00 [daqui a 77 dias]
19/02/2022 09:00:00 [daqui a 80 dias]
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Médio

Área de Ensino: Linguagens

Componente Curricular/Disciplina: Arte


Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!


Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador? Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

28 min
2017
Brasil
RJ
LIVRE

Séries: Caçadores da Alma | 13 Episódios de 26 Minutos

Diretor: Silvio Tendler

Elenco: Bob WolfersonCésar OvalleDuda FirmoFernando NaibergLúcio KodatoLuiz GarridoMilton MontenegroOdir AlmeidaPaulo CoqueiroRafael MartinsRenan CepedaSidnei TendlerWalter CarvalhoWalter FirmoWilton Montenegro

Sinopse: Nem sempre a fotografia expressa uma realidade. Muitas vezes é um retrato dos sonhos, delírios e fantasias dos autores. Os fotógrafos não apreendem, na maior parte dos casos, a alma do retratado, mas a sua própria alma. A fotografia, de tanto servir como suporte para registro de outras artes, as incorporou o cinema, a música, a pintura, a escultura como influência na criação de suas imagens. Nessa troca técnicas, percepções estéticas e linguagens, a quebra de fronteiras enriquece a fotografia. Um filme inspira um ensaio fotográfico, um movimento da pintura é a base da criação de outro, a encenação serve de impulso para um fotograma. Por outro lado, vemos a fotografia que registra a música, a pintura e tantas outras formas de expressão.

Alugue