Em Busca de Carlos Zéfiro

Vote aqui



Produção: Maycon Almeida

Roteiro: Silvio Tendler

Edição: André Markwald, Lilia Souza Diniz

Direção de Arte: Karvan Almeida

Trilha Sonora Original: Guto Teixeira, Henrique Peters, Vinicius Junqueira

Empresa(s) produtora(s): Caliban

Câmera: Maycon Almeida, Tao Burity

Assistente de Direção: Lilia Souza Diniz

Produção Executiva: Ana Rosa Tendler

Assistente de Produção: Dayane Hamada

Videografismo: Karvan Almeida

Direção de Fotografia: Maycon Almeida, Tao Burity

Mixagem: Alexandre Jardim

Entrevistados: Ana Maria Nogueira, Aurélio de Aguiar Caminha, Dany-Robert Dufour, Gloria Georgina Seddon, Gonçalo Junior, Hélio Caminha Castro, José Carlos Sebe Bom Meihy, Juca Kfouri, Maria Mont´Serrat Caminha, Ota, Roberto Damatta, Simone Rodrigues, Tania Fusco, Walquí­ria Pereira

Correção de Cor: Paulo Carou

Assist de Produção Executiva: Marlise Schleimer de Souza

Coordenação de Pós-Produção: Tao Burity

Assistente de Pós-Produção: Taynara Mello

Como uma crônica dos subterrâneos do amor e dos desejos do corpo, as revistinhas em quadrinhos vendidas de forma clandestina em bancas de jornal nos anos 1950 e 60 sob o pseudônimo de Carlos Zéfiro romperam com os limites do erotismo e revelaram as entranhas de uma sociedade moralista nas aparências e permissiva por debaixo dos panos. O documentário “Em busca de Carlos Zéfiro” aborda a relevância dessas publicações para a sexualidade de gerações que se formaram em tempos onde comercialização de obras pornograficas era considerada crime. Distribuídas por todo o país, alimentaram os desejos reprimidos e foram responsáveis por apresentar aos jovens e até aos adultos o mundo do sexo. Eram tempos em que os mistérios da anatomia eram desvendados com bastante pudor e não havia aulas sobre sexo. Com um traço inconfundível e um estilo narrativo marcante, os quadrinhos de Carlos Zéfiro eram os mais pedidos pelos clientes e também os mais imitados pelos concorrentes. “Em busca de Carlos Zéfiro” nos leva ao seu autor, um pacato funcionário público, e a um dos mais bem guardados segredos do mercado editorial, que só foi desvendado nos anos 1990.
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste

90 min
2020
Brasil
RJ
18 ANOS

Diretor: Silvio Tendler

Elenco: Ana Maria NogueiraAurélio de Aguiar CaminhaDany-Robert DufourGloria Georgina SeddonGonçalo JuniorHélio Caminha CastroJosé Carlos Sebe Bom MeihyJuca KfouriMaria Mont´Serrat CaminhaOtaRoberto DamattaSimone RodriguesTania FuscoWalquí­ria Pereira

Sinopse: Como uma crônica dos subterrâneos do amor e dos desejos do corpo, as revistinhas em quadrinhos vendidas de forma clandestina em bancas de jornal nos anos 1950 e 60 sob o pseudônimo de Carlos Zéfiro romperam com os limites do erotismo e revelaram as entranhas de uma sociedade moralista nas aparências e permissiva por debaixo dos panos. O documentário “Em busca de Carlos Zéfiro” aborda a relevância dessas publicações para a sexualidade de gerações que se formaram em tempos onde comercialização de obras pornograficas era considerada crime. Distribuídas por todo o país, alimentaram os desejos reprimidos e foram responsáveis por apresentar aos jovens e até aos adultos o mundo do sexo. Eram tempos em que os mistérios da anatomia eram desvendados com bastante pudor e não havia aulas sobre sexo. Com um traço inconfundível e um estilo narrativo marcante, os quadrinhos de Carlos Zéfiro eram os mais pedidos pelos clientes e também os mais imitados pelos concorrentes. “Em busca de Carlos Zéfiro” nos leva ao seu autor, um pacato funcionário público, e a um dos mais bem guardados segredos do mercado editorial, que só foi desvendado nos anos 1990.

Alugue