Favela da Paz


Disponível no:

Há mais de 20 anos, Claudio Miranda começou a receber amigos do Jardim Ângela, São Paulo, para fazer música a partir de latas de lixo, metal e baldes. Naquele tempo, brincar com instrumentos reais estava completamente fora de questão. Agora eles são mais do que uma banda: Claudio Miranda e sua família criaram o Instituto Favela da Paz, um ponto de cultura, estúdio de gravação e local de vários cursos. A visão da Favela da Paz é tornar-se um modelo replicável e um centro de educação para a autonomia e para a paz. Por meio das soluções para a autossuficiência - ao nível da água, do alimento e da energia -, a organização inspira a sociedade para a recuperação da autonomia e da riqueza das comunidades locais.
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Médio

Área de Ensino: Ciências Humanas

Componente Curricular/Disciplina: Sociologia


Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!


Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador? Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

30 min
2017
Brasil
SP
LIVRE

Séries: Quem se Importa | 13 Episódios de 30 Minutos

Diretor: Mara Mourão

Sinopse: Há mais de 20 anos, Claudio Miranda começou a receber amigos do Jardim Ângela, São Paulo, para fazer música a partir de latas de lixo, metal e baldes. Naquele tempo, brincar com instrumentos reais estava completamente fora de questão. Agora eles são mais do que uma banda: Claudio Miranda e sua família criaram o Instituto Favela da Paz, um ponto de cultura, estúdio de gravação e local de vários cursos. A visão da Favela da Paz é tornar-se um modelo replicável e um centro de educação para a autonomia e para a paz. Por meio das soluções para a autossuficiência - ao nível da água, do alimento e da energia -, a organização inspira a sociedade para a recuperação da autonomia e da riqueza das comunidades locais.

Alugue