Inspiração x Desconexão


Produção: Jhonny Barroso, Waldir Ochoa

Roteiro: Ricardo Xavier

Som Direto: Daniel Paniagua Toro, Leonardo Kraus, Marlon Toro

Empresa(s) produtora(s): Pacto Audiovisual

Direção de produção: Marcos Moura

Produção Executiva: Malu Campos

Pesquisa: Ricardo Xavier

Direção de Fotografia: Pedro Campos

Mixagem: Rosana Stefanoni

Montagem: Danilo Do Vale

Trilha Sonora: Daniel Cohen, Fil Pinheiro

Correção de Cor: Danilo Do Valle

Desenho de Som: Rosana Stefanoni

Design Gráfico: Rafael Terpins

Assistente de Finalização: Alí­pio Alves Da Silva Neto

Assist de Produção Executiva: Angélica Moura

Coordenação de Pós-Produção: Danilo Do Valle

UPPs não entregam segurança. Parques bibliotecas não promovem cultura. Teleféricos não andam sozinhos. Os processos de inserção cidadã e pacificação das favelas têm que se adaptar às comunidades. E não as comunidades se adaptarem aos processos impostos de cima. Afinal, o que o Rio de Janeiro viu em Medellín?
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Médio

Área de Ensino: Ciências Humanas

Componente Curricular/Disciplina: Geografia, Sociologia


Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

26 min
2018
Brasil
LIVRE

Séries: Linhas Abertas | 8 Episódios de 26 Minutos

Diretor: Ricardo Xavier

Elenco: Alejandro EcheverriCarla SiccosCintia SantânnaClara Mejí­Â­aCosme FelipssenIguinho ImperadorJomag ArizaLeriana FiqueiredoLiliana Marí­Â­a Sánchez MazoMariluce Mariá SouzaMaurí­Â­cio HoraMc MartinaRobson Rodrigues Da SilvaTiago GomesWendy Estefaní­Â­a Vera TangarifeYaned Gallego

Sinopse: UPPs não entregam segurança. Parques bibliotecas não promovem cultura. Teleféricos não andam sozinhos. Os processos de inserção cidadã e pacificação das favelas têm que se adaptar às comunidades. E não as comunidades se adaptarem aos processos impostos de cima. Afinal, o que o Rio de Janeiro viu em Medellín?

Alugue