O Adorável Lauro Escorel

Disponível nos planos:

Som Direto: Mario Caillaux

Empresa(s) produtora(s): BPP Produções Audiovisuais Ltda ME

Edição de som: LC Varela

Câmera: Bacco Andrade e Jacques Cheuiche.

Direção de produção: Luca Macedo

Pesquisa de Imagens: Antonio Venâncio, Hernani Heffner

Finalização: Mario Caillaux

Direção de Fotografia: abc., Jacques Cheuiche, Mustapha Barat

Abertura: Flávio Soares

Montagem: Célia Freitas

Entrevistados: Lauro Escorel

Coordenação de Produção: Leonor Camargos

Correção de Cor: Link Digital - Paulo Carou

Arte: Pedro Duarte

Envie o seu comentário

Faça login ou se cadastre para comentar a obra.

Carregar mais comentários

Envie o seu comentário

Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Etapa/Nível de Ensino: Ensino Fundamental - Anos Finais, Ensino Médio

Área de Ensino: Linguagens

Componente Curricular/Disciplina: Arte


Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
52 min
2016
Brasil
RJ
LIVRE

Séries: Luz & Sombra - Fotógrafos do Cinema Brasileiro | 26 Episódios de 34 Minutos

Diretor: Betse de Paula, Jacques Cheuiche

Sinopse: Um dos mais conceituados diretores de fotografia brasileiros. Como cineasta, dirigiu o longa-metragem Sonho sem fim (1985), prêmio especial do júri no Festival de Gramado, além de curtas e documentários como Os libertários (1976), prêmio Margarida de Prata da CNBB. Foi assistente de Dib Lutfi e Affonso Beato, antes de estrear como diretor de fotografia em São Bernardo (1971), de Leon Hirzsman, que recebeu o prêmio de melhor fotografia em Gramado. Seu trabalho em Ironweed (1987), de Hector Babenco, filmado nos EUA, lhe abriu as portas para o mercado norte-americano. No exterior, assinou a direção de fotografia de Indecency (1992), de Marisa Silver, Dangerous Heart (1993), de Michael Scott, e Amelia Earhart: The Final Flight (1994), de Yves Simoneau, entre outros. Em 1998, retomou a parceria com Babenco na direção de fotografia de Coração iluminado, que representou o Brasil no Festival de Cannes. É membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (AMPAS) e um dos fundadores da Associação Brasileira de Cinematografia (ABC).

Alugue