O Cego que gritava Luz

Disponível nos planos:

Empresa(s) produtora(s): Raiz Distribuidora Audiovisual

Às margens do lago Paranoá, em Brasília, um contador de histórias entretém todos os dias os frequentadores de um bar com suas narrativas. Só que uma delas ele reluta em levar até o fim: a do assassinato de duas meninas, que teve como única tetemunha um rapaz cego (Luciano Porto), que tateou o rosto de um dos assassinos.

Envie o seu comentário

Faça login ou se cadastre para comentar a obra.

Carregar mais comentários

Envie o seu comentário

Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
73 min
1996
Brasil
SP
18 ANOS

Diretor: João Batista de Andrade

Elenco: Roberto Bomtempo, Tonico Pereira

Sinopse: Às margens do lago Paranoá, em Brasília, um contador de histórias entretém todos os dias os frequentadores de um bar com suas narrativas. Só que uma delas ele reluta em levar até o fim: a do assassinato de duas meninas, que teve como única tetemunha um rapaz cego (Luciano Porto), que tateou o rosto de um dos assassinos.

Alugue