Olhos de Ressaca

Deixe seu voto



Vera e Gabriel estão casados há sessenta anos. Em "Olhos de Ressaca" eles divagam acerca da própria história: os primeiros flertes, o nascimento dos filhos, a vida e o envelhecer. Neste rememorar, imagens de arquivo familiar se confundem com imagens do presente, tecendo um universo afetivo e onírico. Através de impressões e relatos o filme sugere um diário pessoal e existencial acerca do amor e da morte.

Empresa(s) produtora(s): Busca Vida Filmes

10 Melhores Curtas Brasileiros do Público no Festival Internacional de Curtas de São Paulo em 2009
Melhor Curta no Festival do Rio em 2009
Melhor Filme no Goiânia Mostra Curtas em 2009
Melhor Montagem no Festival de Cinema de Vitória em 2009
Melhor Roteiro no Festival Internacional de Cinema de Itu em 2009
Prêmio Aquisição Espaço Unibanco no Festival Internacional de Curtas de São Paulo em 2009
Prêmio ASCINE-RJ no Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro em 2009
Prêmio Especial do Júri no Festival de Gramado em 2009
Prêmio Melhor Curta Metragem - Júri dos Estudantes de Cinema no Festival de Gramado em 2009
Prêmio SescTv para Diretores Estreantes no Festival Internacional de Curtas de São Paulo em 2009
Festival Kinoarte de Cinema
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste

20 min
2009
Brasil
AL

Diretor: Petra Costa

Sinopse: Vera e Gabriel estão casados há sessenta anos. Em "Olhos de Ressaca" eles divagam acerca da própria história: os primeiros flertes, o nascimento dos filhos, a vida e o envelhecer. Neste rememorar, imagens de arquivo familiar se confundem com imagens do presente, tecendo um universo afetivo e onírico. Através de impressões e relatos o filme sugere um diário pessoal e existencial acerca do amor e da morte.

Alugue