Sagarana, O Duelo


Disponível no:

Produção: Paulo Thiago

Fotografia: Mário Carneiro

Roteiro: Paulo Thiago

Empresa(s) produtora(s): Vitória Produções

Figurino: Carmelio Cruz

Direção de produção: Carlos Alberto Diniz

Assistente de Direção: Adnor Pitanga, Carlos Del Pino

Produção Executiva: Claudia Menezes

Assistente de Produção: Carlos Pena Garzon, Tininho Fonseca

Montagem: Mário Carneiro

Eletricista: Airton Ventura

Música: Antônio Carlos Jobim

Estúdio de Mixagem: Somil

Arranjo: Dori Caymmi

Turíbio Todo (Joel Barcelos), seleiro de profissão, vagabundo, vingativo e mau, muda de idéia e volta da pescaria sem contra-aviso à sua esposa Mariana ( Ítala Nandi), encontrando-a em pleno adultério com Cassiano Gomes (Milton Moraes), ex-sargento do 1º Pelotão da 2ª Companhia do 5º Batalhão da Força Pública, caçador de jagunços e muito homem para lhe acertar um balaço na testa. Turíbio confirma com seus olhos o que já era assunto e pilhéria na cidade, mas mesmo com a honra ultrajada não faz nada. Turíbio ama Mariana, mulher bonita que não vê porque os três não possam viver juntos. Turíbio dali se afasta mais macio ainda do que tinha chegado e foi cozinhar seu ódio, porque no momento só tinha uma faquinha e também porque quanto maior sua raiva, tanto melhor raciocina. Turíbio arma-se de uma garrucha, muita munição e parte para sua vingança. Prepara tocaia, mata o homem errado, procura ajuda de jagunços, faz acordo, faz qualquer negócio. De perseguidor passa a perseguido. Cassiano veste sua roupa de militar e sai à procura de Turíbio. Pelo caminho os dois vão encontrando personagens do sertão mineiro: o velho artista de circo ( Luis Linhares) e sua trupe; o “filósofo” estradeiro ( Paulo César Pereio); o demônio vestido de gente (Zózimo Bulbul); os ciganos da vida (Wilson Grey, Ana Maria Magalhães); o rezador de corpo e alma (Rui Polanah); o estranho barqueiro (Emanuel Cavalcanti), os jagunços, coronéis e seus capangas. E assim todos ficam sabendo da guerra dos dois e querem saber como vai terminar esse duelo. Porque quem sobrar vivo estará com a razão...

Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
110 min
1973
Brasil
18 ANOS

Diretor: Paulo Thiago

Elenco: Ítala Nandi, Joel Barcellos, Mí­lton Moraes

Sinopse: Turíbio Todo (Joel Barcelos), seleiro de profissão, vagabundo, vingativo e mau, muda de idéia e volta da pescaria sem contra-aviso à sua esposa Mariana ( Ítala Nandi), encontrando-a em pleno adultério com Cassiano Gomes (Milton Moraes), ex-sargento do 1º Pelotão da 2ª Companhia do 5º Batalhão da Força Pública, caçador de jagunços e muito homem para lhe acertar um balaço na testa. Turíbio confirma com seus olhos o que já era assunto e pilhéria na cidade, mas mesmo com a honra ultrajada não faz nada. Turíbio ama Mariana, mulher bonita que não vê porque os três não possam viver juntos. Turíbio dali se afasta mais macio ainda do que tinha chegado e foi cozinhar seu ódio, porque no momento só tinha uma faquinha e também porque quanto maior sua raiva, tanto melhor raciocina. Turíbio arma-se de uma garrucha, muita munição e parte para sua vingança. Prepara tocaia, mata o homem errado, procura ajuda de jagunços, faz acordo, faz qualquer negócio. De perseguidor passa a perseguido. Cassiano veste sua roupa de militar e sai à procura de Turíbio. Pelo caminho os dois vão encontrando personagens do sertão mineiro: o velho artista de circo ( Luis Linhares) e sua trupe; o “filósofo” estradeiro ( Paulo César Pereio); o demônio vestido de gente (Zózimo Bulbul); os ciganos da vida (Wilson Grey, Ana Maria Magalhães); o rezador de corpo e alma (Rui Polanah); o estranho barqueiro (Emanuel Cavalcanti), os jagunços, coronéis e seus capangas. E assim todos ficam sabendo da guerra dos dois e querem saber como vai terminar esse duelo. Porque quem sobrar vivo estará com a razão...

Alugue