Superstição e futebol
COMO ASSISTIR NA TV?

COMO ASSISTIR NA TV?
Deixe seu voto Vote aqui



Superstição e Futebol, como documentário, é antes de tudo um fato, uma constatação. Eufórico na mesma medida do fato que é força. Não nos interessou a análise, a origem, o porquê, mas tão somente o fenômeno, tal qual se expressa, como significado para todo um povo. Chave talvez de muitas compreensões, encontramos nessa colagem a certeza da crença, da esperança e principalmente da força: o fato de constituir-se em linguagem nova, porta-voz bruto de um coletivo que não pode ser vivido isoladamente.

Produção: Andrea Tonacci

Roteiro: Sylvio Lanna

Som Direto: Hans

Empresa(s) produtora(s): Total Filmes

Câmera: Milon Gomes Lanna

Produção Executiva: Sylvio Lanna

Assistente de Produção: José Trajano, Pedro Garcia

Pesquisa: Sylvio Lanna

Direção de Fotografia: Milon Gomes Lanna

Montagem: Andrea Tonacci

Locução: José Cunha

Identidade Visual: Marcia Lanna

Câmera Adicional: Hans

Próximas exibições no canal Curta!
22/08/2024 21:30:00 [daqui a 63 dias]
23/08/2024 01:30:00 [daqui a 64 dias]
23/08/2024 15:30:00 [daqui a 64 dias]
24/08/2024 22:00:00 [daqui a 65 dias]
26/08/2024 03:45:00 [daqui a 67 dias]
26/08/2024 09:30:00 [daqui a 67 dias]
Melhor Curta no Festival Internacional de Oberhausen em 1970
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste

10 min
1970
Brasil
RJ
AL

Diretor: Sylvio Lanna

Elenco: Pelé

Sinopse: Superstição e Futebol, como documentário, é antes de tudo um fato, uma constatação. Eufórico na mesma medida do fato que é força. Não nos interessou a análise, a origem, o porquê, mas tão somente o fenômeno, tal qual se expressa, como significado para todo um povo. Chave talvez de muitas compreensões, encontramos nessa colagem a certeza da crença, da esperança e principalmente da força: o fato de constituir-se em linguagem nova, porta-voz bruto de um coletivo que não pode ser vivido isoladamente.

Alugue