A Matriz Lusa


Disponível no:

Empresa(s) produtora(s): Cinematográfica Superfilmes LTDA

Tudo começa quando Portugal decide organizar um programa nacional para explorar as fronteiras do Desconhecido. A figura-chave, aqui, é o Infante D. Henrique. A comunidade cosmopolita reunida em Sagres, sob o comando do Infante, sistematiza os conhecimentos técnicos até então disponíveis e parte para aprimorar a tecnologia náutica existente. Embarcações lusitanas começam então a se lançar a mares inexplorados pelos europeus, numa aventura cujo resultado será não só transformar a imagem do mundo, como fazer emergir a idéia e a realidade da Humanidade. O Brasil surge como um momento dessa Era dos Descobrimentos. Como ponte avançada da cultura neolatina, em sua variante portuguesa, na margem ocidental do Atlântico Sul. De início, a colonização extraestatal assistemática. É o período "caramuru" da história do Brasil: a aldeola mameluca de Santo André, com João Ramalho, ou a aldeia eurotupinambá de Diogo Alvares, na Bahia. Em seguida, o Estado avança: capitanias hereditárias, governo geral. O projeto de transplantação da cultura portuguesa para os trópicos. Novas tecnologias e novas ideologias, trazidas de uma região da Europa que, de uma certa forma, era um protótipo da América: séculos de miscigenação, séculos de convívio com a diferença.
Próximas exibições no canal Curta!
24/07/2021 09:00:00 [daqui a 2 hora(s)]
25/07/2021 03:40:00 [daqui a 21 hora(s)]
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Fundamental - Anos Finais, Ensino Médio

Área de Ensino: Ciências Humanas

Componente Curricular/Disciplina: Geografia, Sociologia

Objetos de Conhecimento: EF09GE09 - Intercâmbios históricos e culturais entre Europa, Ásia e Oceania, EF09GE14 - Leitura e elaboração de mapas temáticos, croquis e outras formas de representação para analisar informações geográficas, EF09GE15 - Leitura e elaboração de mapas temáticos, croquis e outras formas de representação para analisar informações geográficas

Habilidades: EF09GE09 - Analisar características de países e grupos de países europeus, asiáticos e da Oceania em seus aspectos populacionais, urbanos, políticos e econômicos, e discutir suas desigualdades sociais e econômicas e pressões sobre seus ambientes físico-naturais., EF09GE14 - Elaborar e interpretar gráficos de barras e de setores, mapas temáticos e esquemáticos (croquis) e anamorfoses geográficas para analisar, sintetizar e apresentar dados e informações sobre diversidade, diferenças e desigualdades sociopolíticas e geopolíticas mundiais., EF09GE15 - Comparar e classificar diferentes regiões do mundo com base em informações populacionais, econômicas e socioambientais representadas em mapas temáticos e com diferentes projeções cartográficas., EM13CHS104 - Analisar objetos e vestígios da cultura material e imaterial de modo a identificar conhecimentos, valores, crenças e práticas que caracterizam a identidade e a diversidade cultural de diferentes sociedades inseridas no tempo e no espaço., EM13CHS205 - Analisar a produção de diferentes territorialidades em suas dimensões culturais, econômicas, ambientais, políticas e sociais, no Brasil e no mundo contemporâneo, com destaque para as culturas juvenis.


Planos de Aula (3)

Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!


Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador? Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

30 min
2001
Brasil
SP
LIVRE

Séries: O Povo Brasileiro | 10 Episódios de 30 Minutos

Diretor: Isa Grinspum Ferraz

Elenco: Chico Buarque, Darcy Ribeiro, Gilberto Gil, narração de Matheus Nachtergaele, Tom Zé

Sinopse: Tudo começa quando Portugal decide organizar um programa nacional para explorar as fronteiras do Desconhecido. A figura-chave, aqui, é o Infante D. Henrique. A comunidade cosmopolita reunida em Sagres, sob o comando do Infante, sistematiza os conhecimentos técnicos até então disponíveis e parte para aprimorar a tecnologia náutica existente. Embarcações lusitanas começam então a se lançar a mares inexplorados pelos europeus, numa aventura cujo resultado será não só transformar a imagem do mundo, como fazer emergir a idéia e a realidade da Humanidade. O Brasil surge como um momento dessa Era dos Descobrimentos. Como ponte avançada da cultura neolatina, em sua variante portuguesa, na margem ocidental do Atlântico Sul. De início, a colonização extraestatal assistemática. É o período "caramuru" da história do Brasil: a aldeola mameluca de Santo André, com João Ramalho, ou a aldeia eurotupinambá de Diogo Alvares, na Bahia. Em seguida, o Estado avança: capitanias hereditárias, governo geral. O projeto de transplantação da cultura portuguesa para os trópicos. Novas tecnologias e novas ideologias, trazidas de uma região da Europa que, de uma certa forma, era um protótipo da América: séculos de miscigenação, séculos de convívio com a diferença.

Alugue