Brasil Crioulo


Disponível no:

Empresa(s) produtora(s): Cinematográfica Superfilmes LTDA

"Chamamos área cultural crioula a configuração histórico-cultural resultante da implantação da economia açucareira e de seus complementos e anexos na faixa litorânea do Nordeste brasileiro, que vai do Rio Grande do Norte à Bahia" (Darcy Ribeiro). É o Nordeste do massapê, do canavial sedeando ao vento, das enseadas marinhas e dos rios, da vegetação exuberante, dos voduns e orixás. É, ainda, o Nordeste barroco, com suas igrejas de ouro, seus carnavais coloridos e estridentes, seus querubins. Culturalmente, este é o Brasil mais fundamente marcado pela presença de elementos, formas e práticas de extração negroafricana, especialmente depois da chegada dos jejes e nagôs, que souberam imprimir os seus signos na paisagem que aqui encontraram. Num extremo extranordestino, o Brasil Crioulo vai incluir o Rio de Janeiro. No extremo amazônico, a ilha de São Luís do Maranhão, com seus fortes traços afro-ameríndios, seu tambor de mina e seu bumba-meu-boi, ponto de passagem ou zona de transição entre a cultura negromestiça e a cultura cabocla que se estende para o Norte em meio a florestas e igarapés.
Próximas exibições no canal Curta!
11/08/2021 18:30:00 [daqui a 18 dias]
12/08/2021 04:30:00 [daqui a 19 dias]
12/08/2021 12:30:00 [daqui a 19 dias]
13/08/2021 06:30:00 [daqui a 20 dias]
14/08/2021 08:15:00 [daqui a 21 dias]
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Fundamental - Anos Finais, Ensino Médio

Área de Ensino: Ciências Humanas

Componente Curricular/Disciplina: Geografia, Sociologia

Objetos de Conhecimento: EF08GE13 - Os diferentes contextos e os meios técnico e tecnológico na produção, EF08GE19 - Cartografia: anamorfose, croquis e mapas temáticos da América e África, EF08GE20 - Identidades e interculturalidades regionais: Estados Unidos da América, América espanhola e portuguesa e África

Habilidades: EF08GE13 - Analisar a influência do desenvolvimento científico e tecnológico na caracterização dos tipos de trabalho e na economia dos espaços urbanos e rurais da América e da África., EF08GE19 - Interpretar cartogramas, mapas esquemáticos (croquis) e anamorfoses geográficas com informações geográficas acerca da África e América., EF08GE20 - Analisar características de países e grupos de países da América e da África no que se refere aos aspectos populacionais, urbanos, políticos e econômicos, e discutir as desigualdades sociais e econômicas e as pressões sobre a natureza e suas riquezas (sua apropriação e valoração na produção e circulação), o que resulta na espoliação desses povos., EM13CHS104 - Analisar objetos e vestígios da cultura material e imaterial de modo a identificar conhecimentos, valores, crenças e práticas que caracterizam a identidade e a diversidade cultural de diferentes sociedades inseridas no tempo e no espaço., EM13CHS205 - Analisar a produção de diferentes territorialidades em suas dimensões culturais, econômicas, ambientais, políticas e sociais, no Brasil e no mundo contemporâneo, com destaque para as culturas juvenis.


Planos de Aula (3)

Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!


Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador? Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

30 min
2001
Brasil
SP
LIVRE

Séries: O Povo Brasileiro | 10 Episódios de 30 Minutos

Diretor: Isa Grinspum Ferraz

Elenco: Chico Buarque, Darcy Ribeiro, Gilberto Gil, narração de Matheus Nachtergaele, Tom Zé

Sinopse: "Chamamos área cultural crioula a configuração histórico-cultural resultante da implantação da economia açucareira e de seus complementos e anexos na faixa litorânea do Nordeste brasileiro, que vai do Rio Grande do Norte à Bahia" (Darcy Ribeiro). É o Nordeste do massapê, do canavial sedeando ao vento, das enseadas marinhas e dos rios, da vegetação exuberante, dos voduns e orixás. É, ainda, o Nordeste barroco, com suas igrejas de ouro, seus carnavais coloridos e estridentes, seus querubins. Culturalmente, este é o Brasil mais fundamente marcado pela presença de elementos, formas e práticas de extração negroafricana, especialmente depois da chegada dos jejes e nagôs, que souberam imprimir os seus signos na paisagem que aqui encontraram. Num extremo extranordestino, o Brasil Crioulo vai incluir o Rio de Janeiro. No extremo amazônico, a ilha de São Luís do Maranhão, com seus fortes traços afro-ameríndios, seu tambor de mina e seu bumba-meu-boi, ponto de passagem ou zona de transição entre a cultura negromestiça e a cultura cabocla que se estende para o Norte em meio a florestas e igarapés.

Alugue