Cadeira 1: Abaixo o tatibitati

Disponível nos planos:

Produção: Thaís Sleiman

Roteiro: Juliana Colares

Edição: Antonia Gama

Empresa(s) produtora(s): Giros Produção

Direção de produção: Cláudia Lima

Assistente de Câmera: Amaury Arboun (Paris), Helio Leite

Pesquisa de Imagens: Remier Lion

Produção Executiva: Maria Carneiro da Cunha

Assistente de Produção: Ricardo Aquino

Assistente de edição: Felipe Gomes

Finalização: Ade Muri, IlhaBraw, Lucas Barrionovo

Pesquisa: Angélica Fontella, Bia Kling

Direção de Fotografia: Mário Franca

Trilha Sonora: Rodrigo Lima

Entrevistados: Ana Maria Machado, Carlos Heitor Cony, Diogo Cunha, Edvaldo Bergamo, Flávia do Amparo, Ninfa Parreiras, Ruth Rocha

Assistente de som: Amaury Arboun (Paris), Helio Leite

Coordenação de Produção: Lia Rezende

Conteúdo: Lúcia Tupiassú

O episódio sobre a cadeira número 1 da Academia Brasileira de Letras fala sobre a vida e a obra de alguns dos acadêmicos que já tiveram a honra de sentar nela. Destaque para a atual ocupante, Ana Maria Machado, para o fundador, Luís Murat, e para o escritor goiano Bernardo Élis - que derrotou Juscelino Kubitschek nesta que foi a única disputa perdida por ele, caso que se mistura ao delicado momento político do país na época. O episódio fala ainda sobre Adelino Fontoura, único patrono da ABL que não deixou nenhum livro impresso em vida. De polêmicas a anedotas, a cadeira 1 sempre deu lugar ao intenso. Nela, assim como na obra de Ana Maria Machado, não há vez para o tatibitati.

Envie o seu comentário

Faça login ou se cadastre para comentar a obra.

Carregar mais comentários

Envie o seu comentário

Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Etapa/Nível de Ensino: Ensino Fundamental - Anos Finais, Ensino Médio

Área de Ensino: Linguagens

Componente Curricular/Disciplina: Língua Portuguesa


Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
26 min
2017
Brasil
RJ
LIVRE

Séries: Imortais da Academia | 42 Episódios de 26 Minutos

Diretor: Belisario Franca

Sinopse: O episódio sobre a cadeira número 1 da Academia Brasileira de Letras fala sobre a vida e a obra de alguns dos acadêmicos que já tiveram a honra de sentar nela. Destaque para a atual ocupante, Ana Maria Machado, para o fundador, Luís Murat, e para o escritor goiano Bernardo Élis - que derrotou Juscelino Kubitschek nesta que foi a única disputa perdida por ele, caso que se mistura ao delicado momento político do país na época. O episódio fala ainda sobre Adelino Fontoura, único patrono da ABL que não deixou nenhum livro impresso em vida. De polêmicas a anedotas, a cadeira 1 sempre deu lugar ao intenso. Nela, assim como na obra de Ana Maria Machado, não há vez para o tatibitati.

Alugue