Caruaru, a arte passada de pai para filho


Disponível nos planos:

Em Caruaru, o Latitude, Longitude embarca nas artes passadas de pai para filho. Da literatura de cordel, passando pela cerâmica de barro e chegando à música popular, as tradições circulam no âmbito familiar e se mantém vivas na história da cidade. Olegário, por exemplo, é filho do cordelista Olegário Fernandes e, além de seguir os passos do pai, é responsável pelo museu do cordel. Já Mestre Vitalino é pai de Severino Vitalino, artista que trabalha fazendo reproduções das cerâmicas de barro feitas pelo pai. E Azulinho não nega as raízes de seu pai Azulão e dá seguimento à carreira musical na família.

Envie o seu comentário

Faça login ou se cadastre para comentar a obra.

Carregar mais comentários

Envie o seu comentário

Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Etapa/Nível de Ensino: Ensino Médio

Área de Ensino: Ciências Humanas

Componente Curricular/Disciplina: Sociologia


Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
26 min
2016
Brasil
RJ
LIVRE

Séries: Latitude, Longitude | 21 Episódios de 26 Minutos

Diretor: Belisario Franca

Sinopse: Em Caruaru, o Latitude, Longitude embarca nas artes passadas de pai para filho. Da literatura de cordel, passando pela cerâmica de barro e chegando à música popular, as tradições circulam no âmbito familiar e se mantém vivas na história da cidade. Olegário, por exemplo, é filho do cordelista Olegário Fernandes e, além de seguir os passos do pai, é responsável pelo museu do cordel. Já Mestre Vitalino é pai de Severino Vitalino, artista que trabalha fazendo reproduções das cerâmicas de barro feitas pelo pai. E Azulinho não nega as raízes de seu pai Azulão e dá seguimento à carreira musical na família.

Alugue