Enok


Assista nos planos:

Produção: Bettina Turner, Denise Melo

Edição: Beto Bassi, Pablo Pinheiro, Sergio Roizenblit, Tide Gugliano

Empresa(s) produtora(s): Miração Filmes

Direção de produção: Marina Puech Leão

Assistente de Direção: Caio Zerbini

Produção Executiva: Loren Novoa

Direção de Fotografia: Humberto Bassanelli, Sergio Roizenblit

Entrevistados: Jonas Virgolino Dantas

Técnico de Som: Rene Brasil

Design Gráfico: Beto Bassi

Assist de Produção Executiva: Terezinha Tonolli

Ex-integrante do Trio Virgulino, Enok partiu em 2018 para a carreira solo após 38 anos junto à banda. O Trio foi um dos grandes responsáveis pela febre do ‘forró universitário’, que desde de o início da década de 90 fez muito sucesso em São Paulo. O pernambucano veio para São Paulo na juventude, e depois de conhecer Americana, acabou se firmando na cidade, fugindo do caos da capital paulista. É um dos mais respeitados sanfoneiros de forró do Brasil. Com uma discografia extensa e shows regulares nas mais importantes casas de forró, Enok e sua banda abriram espaço à família Virgulino, banda formada por seus filhos. Jonas, um dos sanfoneiros da banda, participou da gravação com o pai, para a série O Milagre de Santa Luzia. Na charmosa estação de trem de Americana, contaram histórias e tocaram músicas que fariam tremer uma sala de reboco.

Envie o seu comentário

Faça login ou se cadastre para comentar a obra.

Carregar mais comentários

Envie o seu comentário

Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Etapa/Nível de Ensino: Ensino Fundamental - Anos Finais, Ensino Médio

Área de Ensino: Linguagens

Componente Curricular/Disciplina: Arte


Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
25 min
2011
Brasil
SP
LIVRE

Séries: O Milagre de Santa Luzia – Cultura Popular - Temporada 1 | 12 Episódios de 25 Minutos

Diretor: Sergio Roizenblit

Sinopse: Ex-integrante do Trio Virgulino, Enok partiu em 2018 para a carreira solo após 38 anos junto à banda. O Trio foi um dos grandes responsáveis pela febre do ‘forró universitário’, que desde de o início da década de 90 fez muito sucesso em São Paulo. O pernambucano veio para São Paulo na juventude, e depois de conhecer Americana, acabou se firmando na cidade, fugindo do caos da capital paulista. É um dos mais respeitados sanfoneiros de forró do Brasil. Com uma discografia extensa e shows regulares nas mais importantes casas de forró, Enok e sua banda abriram espaço à família Virgulino, banda formada por seus filhos. Jonas, um dos sanfoneiros da banda, participou da gravação com o pai, para a série O Milagre de Santa Luzia. Na charmosa estação de trem de Americana, contaram histórias e tocaram músicas que fariam tremer uma sala de reboco.

Alugue